Blog Archive




PRAIA DE UPANEMA - AREIA BRANCA/

RN



MARÉ  BAIXA – 07:24  HORAS – ALTURA: 1.0 METRO


MARÉ ALTA – 13:24  - HORAS - ALTURA: 2.7 METRO




MARÉ BAIXA – 19:47 – HORAS – ALTURA: 1.0 METRO 




PETROBRAS ELEVA INVESTIMENTOS NA BACIA DE CAMPOS
Objetivo é reduzir o declínio de produção dos maiores campos da estatal
Bacia de Campos é responsável por cerca de 76% da produção total do país, de 2,18 milhões de barris diários - Divulgação



RIO - Na luta para reduzir o declínio de produção do campo gigante de marlim, na Bacia de Campos descoberto há quase 30 anos, a Petrobras pretende instalar mais dois sistemas de produção, um em 2018 e outro em 2020. 

Sem informar os investimentos que serão necessários no projeto, a companhia explicou que no momento, está executando o projeto conceitual de revitalização do campo.

No último dia 14, a Agência nacional do Petróleo (ANP) aprovou o plano de Desenvolvimento de Marlim, que prevê uma série de ações e procedimentos para aumentar a produção do campo.

A companhia explicou ainda que está avaliando a atual malha de escoamento da produção e o potencial de produção de cada poço, com o objetivo de identificar as regiões do reservatório onde será possível aumentar a produção.

Segundo a Petrobras, somente após essa etapa “será definida a perfuração de novos poços, para que se possa determinar o aumento de produtividade e o custo médio por barril produzido”.

Com uma produção da ordem de 65 mil de barris diários, a Bacia de Campos é responsável por cerca de 76% da produção total do país de 2,18 milhões de barris diários em maio último. A Bacia de Campos já representou cerca de 85% da produção total do país.

A Petrobras vem investindo no aumento da eficiência na Bacia de Campos. Como resultado do Programa de Aumento da Eficiência Operacional, no primeiro trimestre de 2014, a Unidade de Operações da Bacia de Campos, responsável pela operação das plataformas com maior tempo de atividade, aumentou sua eficiência média de produção para 81%.

Este é o maior valor nos últimos 46 meses em termos de eficiência. Na Unidade Operações Rio, que gerencia as unidades mais novas, este índice foi de 96% nos últimos 40 meses. Juntas, as unidades chegaram a produzir mais 58 mil barris por dia.




CAPITANIA DOS PORTOS EMITE COMUNICADO ALTERANDO DATA PARA INÍCIO DO CURSO  DE MOÇO DE CONVÉS


A Capitania dos Portos do Rio Grande do Norte, através do Comunicado 2/2014, informa que o início das aulas do Curso CFAQ-I C (Moço de Convés), da Capitania dos Portos do Rio Grande do Norte, foi alterada do dia 28  julho de 2014, para o dia 11 de agosto.

O comunicado foi assinado pelo Capitão de Corveta, Ajudante, Erijansen de Souza Maciel.





SUAPE AMPLIA CAPACIDADE PARA OPERAR CARGAS QUÍMICAS
O Porto de Suape aumentou sua capacidade operacional no Píer de Graneis Líquidos 1 (PGL1) e está recebendo dois navios de 200 metros de uma só vez. 

Com o reforço no píer estratégico para movimentar líquidos como gasolina e derivados de petróleo, agora o porto pode receber até 45 mil toneladas de porto bruto (Tpb) de uma só vez.

Antes, o porto só operava um navio de 200 metros e outro de até 145 metros simultaneamente. Com o reforço da estrutura, estima-se uma redução de até 20% no tempo de espera para atracação de navio. Anteriormente, a média era de 37 horas.

O próximo píer que se submeterá a obras é PGL2, hoje o píer de maior capacidade de movimentação, com recepção de navios petroleiros tipo Aframax (com capacidade de 800 mil barris) e outras embarcações com até 280 metros de comprimento e até 90 mil Tpb.

No PGL2, ocorrerá a troca dos dutos de 8 polegadas por outros de maior
capacidade, que poderão até quadruplicar a vazão dos derivados de petróleo, incluindo petróleo cru e gás de cozinha (GLP).

Fonte: Diário de Pernambuco



GRUPO MARANATA  E SINDICATOS ASSINAM ACT DOS MARÍTIMOS QUE TRABALHAM NA BARCAÇA DIX-SEPT ROSADO


Aquaviários da barcaça Dix-Sept Rosado receberão reajuste salarial e benefícios a partir de agosto – As outras duas barcaças irão para o estaleiro ainda neste semestre



Em reunião realizada na última terça-feira, 22,  no escritório da Grupo Maranata, em Mossoró, foi assinado o segundo Acordo Coletivo de Trabalho, em benefício dos marítimos que trabalham na barcaça Dix-Sept Rosado.


Representando o Grupo Maranata, a Chefe do Departamento Pessoal, Rosimeire, em virtude do Diretor Benedito Alves de Lima, que por motivo superior não pode está presente.


As categorias marítimas, foram representadas, por Batista Souto, presidente do Sindicato dos Mestres de Cabotagem e Contramestres,  Francisco Ventura, Delegado representante do Sindicato Nacional dos Marinheiros e Sindicato Nacional dos Taifeiros e Culinários, e Lenilton do Vale, presidente do Sindicato dos Aquaviários de Máquinas/RN.



Veja abaixo, as principais cláusulas do ACT, negociadas:

a)O INPC, cuja data-base era em março, foi antecipada para o mês de fevereiro, proporcionando aos marítimos, o ganho de um mês a mais na diferença do retroativo, que em vez de serem pagas cinco parcelas, serão pagas seis.

b)O reajuste foi de 6,41% retroativo a fevereiro de 2014.

c) O Vale-Alimentação será fornecido através de uma Cesta Básica.

d) Cada empregado marítimo, receberá retroativo até junho, 02 cestas básicas.

d) O empregado que afasta-se da empresa por motivo de saúde, continuará recebendo o Vale-Alimentação por até 05 meses.


e)Assistência Médica será para os empregados. Foi acordado que em até 06 meses, o cônjuge participará do plano de saúde e seguro de vida junto à Hapvida.

f)As diferenças salariais serão pagas retroativas  a fevereiro, divididas em 04 (quatro) parcelas. 

TABELA SALARIAL


MCB/COMANDANTE
R$ 3.827,84
CTR/MCBIMEDIATO
R$ 2.915,03
MARINHEIRO DE CONVES
R$ 2.294,43
MOÇO DE CONVÉS
R$ 1.813,81
MARINHEIRO AUXILIAR DE CONVÉS
R$ 1.667,78
CONDUTOR CHEFE
R$ 3.479,91
MARINHEIRO DE MÁQUINAS
R$ 2.617,83
MARINHEIRO DE MÁQUINAS CHEFE
R$ 2.845,85
MARINHEIRO AUXILIAR DE MÁQUINAS
R$ 1.779,26
COZINHEIRO
R$ 2.294,43


No próximo dia 28 será assinado o Acordo Coletivo com a empresa Antônio Carlos Transportes Marítimos Ltda.a), e a Sermapra, para os marítimos que trabalham nas lanchas.

Com a SERMAPRA, administradora da barcaça Branave IV, será negociado o Acordo quando for renovado o contrato de arrendamento com a CODERN. E por último será com a empresa HB Navegação, quando a barcaça Porto do Dornelles, realizar os serviços de docagem.





Tudo é mais caro no Brasil: carros, aviões, aço, cimento, tarifas telefônicas e de energia e muitos serviços. Com isso, cada setor tem suas dificuldades. Marcelo Campos, presidente da Câmara Naval e Offshore da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), diz que, embora os estaleiros tenham boa vontade, para comprar peças e equipamentos no país, o preço interno é mais alto.
Com isso, crescem importações e os produtores se sentem desestimulados a atuar no segmento.
– O Brasil tem a mais alta carga tributária do mundo. Torna-se muito difícil competir com o fabricante internacional, principalmente porque os estaleiros precisam comprar pelo menor preço possível.
O custo unitário dos produtos fabricados no país não é baixo e o resultado é a falta de investimentos nessa indústria uma vez que os fabricantes nacionais não têm garantia de demanda a médio e longo prazos – explica Campos.
Fonte: Monitor Mercantil\Sergio Barreto MottaPorto consulta comunidade sobre projetos para o novo setor Leste





A Federação Nacional dos Portuários (FNP) e a Federação Nacional dos Avulsos (Fenccovib) promovem, entre os dias 23 e 25 de julho, em Salvador (BA), o II Encontro dos Trabalhadores em Capatazia. O objetivo é debater as perspectivas da profissão no âmbito da Nova Lei dos Portos (12. 815/2013).

Em vigor há um ano, a Lei dos Portos define a capatazia como categoria diferenciada. De acordo com a lei capatazia trata-se: da atividade de movimentação de mercadorias nas instalações dentro do porto compreendendo o recebimento, conferência, transporte interno, abertura de volumes para a conferência aduaneira, manipulação, arrumação e entrega, bem como o carregamento e descarga de embarcações, quando efetuados por aparelhamento portuário.

A abertura do II Encontro dos Trabalhadores em Capatazia será dia 23 à noite. Os debates iniciam na quinta-feira (24), além de categoria diferenciada, também estarão em pauta durante o evento os temas: negociação coletiva (no trabalho avulso e com vínculo empregatício); Órgão Gestor de Mão de Obra dentro e fora do porto organizado; qualificação, certificação profissional para operar aparelhos e equipamentos portuários (art. 39, I, Decreto n.º 8.033/2013); e aposentadoria especial.



For sale
MILIONÁRIO AMERICANO COLOCA À VENDA O INCRÍVEL VELEIRO ATHENA DE 295 PÉS
Rosângela Oliveira



Há 30 anos Jim Clark, fundador de das empresas de informática Netscape e Silicon Graphics, constrói barcos cada vez maiores e navega ao redor do mundo com eles. Mas Clark se aposentou e agora está vendendo sua bela flotilha de veleiros enormes, incluindo o Athenas, de 295 pés (90 metros), o maior barco da coleção.


Porém o empresário tem tido dificuldade de vender o incrível veleiro com casco de alumínio. Apesar de ter baixado o preço, de 90 para 75 milhões de dólares, ninguém se interessou pela joia flutuante.
O Athena foi construído pelo estaleiro holandês Royal Huisman, um dos melhores do mundo, e levou quatro anos para ficar pronto. Ele foi para a água em 2004 e impressionou pelo tamanho e estilo clássico.
Agora o barco espera por um novo dono para voltar a navegar















Chegaram no dia 22 de julho ao Rio de Janeiro três submarinos de propulsão nuclear: o Amethyste S-605 da Marine Nationale francesa, o HMS Ambush S-120 da Royal Navy, e o USS Dallas SSN-700 da US Navy, da classe “Los Angeles”.

Os submarinos estão atracados na Base Naval do Rio de Janeiro e deverão participar de exercícios com submarinos da Marinha do Brasil nos próximos dias.

Curiosamente, o USS Dallas é o submarino retratado no filme “Caçada ao Outubro Vermelho“, no qual o submarino americano persegue o moderno submarino russo da classe “Typhoon” modificado.













Pretinho básico
CONHEÇA A CRAZY TOO, UMA LANCHA DE 58 PÉS E HARD TOP COM VISUAL PRETO TOTAL
Rosângela Oliveira



O empresário egípcio Naguib Sawiris foi bem claro ao encomendar sua lancha ao estaleiro Otam, com sede em Gênova, ele queria um visual preto total em sua embarcação. O pedido do empresário foi atendido e o estaleiro construiu a Otam 58 HT com casco e hard top da cor preta. A lancha foi chamada de “Crazy Too”, algo como “Louco Demais” em português. Para dar um visual ainda mais impressionante à embarcação, a popa recebeu um adesivo que imita fibra de carbono.
A lancha acomoda até 18 pessoas e tem cabine com três camarotes fechados, incluindo uma suíte, sala e cozinha com adega, outro pedido especial do cliente.
Na casa de máquinas, dois motores Caterpillar, de 1724 hp cada, levam a lancha a 55 nós em velocidade máxima e 48 em velocidade de cruzeiro.
Veja as fotos da Crazy Too:
















A reunião estava programada para acontecer nesta segunda-feira, às 10:30 horas, no escritório da empresa em Mossoró, para assinatura do Acordo Coletivo de Trabalho para o período 2014-2015. A secretária do empresário Benedito Alves, comunicou aos dirigentes sindicais que o Diretor do Grupo Maranata, por motivo de viagem, não poderia estar presente na reunião. Foi marcada uma nova data, que será nesta quarta-feira, 23.


A proposta dos sindicalistas, é realizar um ACT, com as mesmas vantagens e benefícios que foram negociados com a empresa NAVENOR, pertencente ao grupo Salinor.



No caso de haver eleições suplementares para prefeito em Barauna e Areia Branca, que tiveram seus prefeitos cassados recentemente pelo Tribunal Regional Eleitoral, estas serão realizadas junto com as eleições gerais, previstas para o dia 5 de outubro.

A informação é de Márcio Oliveira, do Cartório Eleitoral de Mossoró. Márcio explicou que uma Resolução do Tribunal Superior Eleitoral determina que havendo determinação de eleições suplementares para o semestre das eleições gerais, esta deve ser junta.




No caso de Areia Branca, a prefeita Luana Bruno, do PMDB, chegou a ser absolvida em primeira instância, porém terminou cassada por compra de votos e abuso de poder econômico pelo TRE-RN. Recorreu ao TSE e aguarda liminar para retonar ao cargo.

Lá, o prefeito interino é o presidente da Câmara.

Já com relação a Baraúna, o eleito em 2012, Isoares Martins, do PR, foi cassado e afastado. Assumiu o segundo lugar, no caso Luciana Oliveira, que também foi cassada e deve ser afastada nesta quinta-feira, 17.

Igualmente a Areia Branca, o presidente da Câmara deve assumir até que se realizem novas eleições. – De Fato. 








Benedito Alves e a barcaça Dix-Sept Rosado

Após assinarem o Acordo Coletivo de Trabalho com a empresa NAVENOR, os Sindicato dos Mestres de Cabotagem e Contramestres, Sindicato dos Aquaviários de Máquinas, Sindicato Nacional dos Marinheiros e Sindicato Nacional dos Taifeiros e Culinários, se reunirão, nesta segunda-feira, 21, com a empresa Nacional Transportes Marítimos, pertencente ao Grupo Maranata de Mossoró,  para negociarem as propostas de  assinatura renovação de Acordo Coletivo de Trabalho para o período 2014-2015.

A reunião acontecerá, às 10:30 horas, no escritório da empresa em Mossoró.

Representando a empresa, estará presente o empresário Benedito Alves de Lima, Diretor de Relações Públicas e Rosymeire, secretária do setor administrativo..


Representando os aquaviários, Batista Souto, presidente do Sindicato dos Mestres de Cabotagem e Contramestres, Francisco Ventura, Delegado representante do Sindicato Nacional dos Marinheiros e Sindicato Nacional dos Taifeiros e Culinários, Lenilton do Vale, presidente do Sindicato dos Aquaviários de Máquinas/RN e o Dr. Dario Silva, Assessor Jurídico dos sindicatos.


A proposta dos sindicalistas, é realizar um ACT, com as mesmas vantagens e benefícios que foram negociados com a empresa NAVENOR, pertencente ao grupo Salinor.

Pesquisar

Loading...

Seguir por e-mail

Acessos